Notícias

Compartilhe:

TCE terá representante na equipe de transição

A transição de governo em Santa Catarina tem um fato inédito. Pela primeira vez, o Tribunal de Contas (TCE-SC) criou uma comissão especial para este momento. O presidente da corte de contas, conselheiro Adircélio de Moraes Ferreira Júnior, os conselheiros Luiz Eduardo Cherem e Luiz Roberto Herbst, e o diretor-geral de Controle Externo, auditor fiscal de controle externo Marcelo Brognoli da Costa, são os integrantes da comissão constituída, no âmbito do TCE/SC, para acompanhar o processo de transição governamental do Poder Executivo estadual.

Os trabalhos serão coordenados pelo atual presidente do TCE/SC, que será relator das contas do exercício de 2023, primeiro ano da gestão do governador eleito Jorginho Mello.

— Esse acompanhamento concomitante permitirá que o Tribunal de Contas contribua para a promoção da boa governança pública, com foco na legalidade, na legitimidade e na economicidade dos atos de gestão, por meio de fiscalização contábil, financeira, orçamentária e patrimonial — diz Adircélio.

Nesta segunda-feira (21), o governador eleito Jorginho Mello visitou a instituição. O TCE terá ao menos um representante na equipe do governo de transição que está trabalhando na sede da Defesa Civil. A ideia é que o profissional dê o suporte orientativo nessa etapa de troca de comando no Centro Administrativo.

Excelente iniciativa e que marca uma posição cada vez mais orientativa e propositiva do TCE-SC.

Via NSCTotal – Coluna Renato Igor