Notícias

florianopolis_37

Compartilhe:

Estado está na 6ª posição das maiores economias do Brasil, conforme levantamento do IBGE

Quatro cidades de Santa Catarina estão entre as 100 mais ricas do Brasil, segundo o levantamento do produto interno bruto (PIB) de 2018, publicado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na lista estão Joinville (28º), Itajaí (36º), Florianópolis (45º) e Blumenau (56º).

Os municípios acumulam os seguintes valores: Joinville (R$ 30,7 bilhões), Itajaí (R$ 25,4 bilhões), Florianópolis (R$ 21 bilhões) e Blumenau (R$ 16,9 bilhões). O PIB é calculado a partir da arrecadação dos municípios nos três setores da economia – Agropecuária, Indústria e Serviços – bem como os impostos, líquidos de subsídios, sobre produtos.

Conforme o Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, mesmo durante a pandemia, as projeções do PIB apontam que essas quatro cidades devem se manter no topo da lista.

 – Itajaí se destaca por ter nosso maior porto, Joinville continua ostentando 10% do PIB estadual, Florianópolis se consolidando no que se refere a startups, que é hoje a capital mais inovadora do Brasil. E Blumenau, representando toda a região do Vale do Itajaí que tem 30% do PIB estadual – destaca o secretário. 

Entre a região Sul do país, seis municípios catarinenses estão no ranking dos 20 mais ricos. São José (R$ 10,6 bilhões) e Chapecó (R$ 9,6 bilhões) aparecem na lista. (veja ranking completo abaixo).  

Atualmente, Santa Catarina está na na 6ª posição das maiores economias do Brasil, com PIB total de R$ 298,23 bilhões em 2018. A pesquisa é divulgada pelo IBGE com dois anos de atraso, porém, de acordo com o secretário, as projeções apontam que entre março de 2020 a março de 2021, o Estado continuou com a mesma média de crescimento.  

> Governo de SC inicia pagamento do auxílio emergencial para pessoas e empresas

Cidades mais ricas do Brasil 

1º São Paulo (SP) – R$ 714, 6 bilhões 

2º Rio de Janeiro (RJ) – R$ 364 bilhões 

3º Brasília (DF) – R$ 254, 8 bilhões  

4º Belo Horizonte (MG) – R$ 91,9 bilhões  

5º Curitiba (PR) – R$ 87,1 bilhões  

6º Manaus (AM) – R$ 78,1 bilhões  

7º Porto Alegre (RS) – R$ 77, 1 bilhões  

8º Osasco (SP) – R$ 76,6 bilhões  

9º Fortaleza (CE) – R$ 67 bilhões  

10º Salvador (BA) – R$ 63, 5 bilhões  

28º Joinville (SC) – R$ 30,7 bilhões

36º Itajaí (SC) – R$ 25,4 bilhões

45º Florianópolis (SC) – R$ 21 bilhões

56º Blumenau (SC) – R$ 16,9 bilhões

> SC tem mais de 2 mil vagas de tecnologia abertas, mas faltam profissionais qualificados

As 20 cidades mais ricas do Sul do país 

1º Curitiba (PR) – R$ 87,1

2º Porto Alegre (RS) – R$ 77,1 

3º Joinville (SC) – R$ 30,7

4º Itajaí (SC) – R$ 25,4

5º Caxias do Sul (RS) – R$ 24,6

6º São José dos Pinhais (PR) – R$ 24,1

7º Florianópolis (SC) – R$ 21

8º Londrina (PR) – R$ 19,9

9º Canoas (RS) – R$ 19,1

10º Maringá (PR) – R$ 18,5

11º Blumenau (SC) – R$ 16,9

12º Araucária (PR) – R$ 16,4

13º Ponta Grossa (PR) – R$ 15

14º Foz do Iguaçu (PR) – R$ 14,6 

15º Cascavel (PR) – R$ 12,2

16º Gravataí (RS) – R$ 11,9

17º Rio Grande (RS) – R$ 10,8

18º São José (SC) – R$ 10,6

19º Paranaguá (PR) – R$ 9,67

20º Chapecó (SC) – R$ 9,6

Via NSCTotal – Diário Catarinense