Notícias

Compartilhe:

Santa Catarina tem a segunda indústria mais competitiva do Brasil, atrás apenas de São Paulo, mostra o Atlas da Competitividade da Indústria Catarinense. A publicação inédita do Observatório Fiesc foi lançada no Fórum Reinventa-SC, que a Fiesc (Federação das Indústrias) promoveu ontem, Dia da Indústria e data que marca o 72º aniversário da entidade.

No encontro virtual, os painelistas destacaram que o Estado deve aproveitar as mudanças na geografia da produção e ampliar o protagonismo na cadeia de insumos internacionais.

O presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, disse que Santa Catarina é um estado empreendedor, com uma indústria diversificada que pode ser uma alternativa de produção para substituir parte dos insumos que vêm da Ásia, por exemplo. “A pandemia abriu os olhos do mundo e mostrou que a dependência é prejudicial e perigosa para a soberania dos países. Em Santa Catarina temos infraestrutura portuária e uma cultura de internacionalização. Então podemos fomentar a nossa indústria local e também produzir insumos para outros países”, declarou.

Via Coluna Mercado – ND mais Edição impressa 26/05/22