Notícias

001

Compartilhe:

A suspensão da Indenização por Uso de Veículo Próprio (IUVP) desde o início de dezembro prejudica o trabalho dos auditores fiscais e tem impacto sobre a arrecadação. A própria Secretaria de Estado da Fazenda calcula uma queda na expectativa da receita de 2% – cerca de R$ 45 milhões mensais. Além de ser a forma mais econômica e eficiente de garantir a presença fiscal, os números comprovam que o prejuízo é maior do que a suposta economia anual com o não pagamento da indenização. Confira a matéria completa no link:

Clique aqui.