Notícias

23

Compartilhe:

A Escola Estadual Professor João Widemann, de Blumenau, foi a Vice-Campeã do Prêmio Educação Fiscal, patrocinado pela FEBRAFITE.

O Projeto Gincana Fiscal João Widemann, teve o apoio do SINDIFISCO/SC.

Ontem, (20), a FEBRAFITE entregou o Prêmio Nacional de Educação Fiscal aos cinco vencedores em solenidade de entrega que ocorreu no Foyer da Câmara Legislativa do DF e contarou com a presença dos representantes dos finalistas, das associações filiadas à Federação, autoridades, parceiros e patrocinadores.
As premiações em dinheiro foram: R$15 mil, R$10 mil e R$ 5 mil, para o primeiro, segundo e terceiro colocados na categoria Escolas e R$ 15 mil e R$10 mil, para o primeiro e segundo lugares na categoria Instituições. Além disso, o coordenador de cada projeto vencedor recebeu, a título de reconhecimento e incentivo, o prêmio em dinheiro no valor de R$ 1.000,00.

Esta edição recebeu 190 inscrições de 19 estados e do Distrito Federal e participaram da grande noite de premiação os coordenadores dos projetos em atividade no Amazonas (02), Distrito Federal (01), Pará (01), Paraná (01), Santa Catarina (01), Minas Gerais (01), São Paulo (01) e Rio Grande do Sul (02).

O presidente da FEBRAFITE, Roberto Kupski, ressaltou que entre as várias atribuições da entidade, também está a de promover a educação fiscal no país. “Novamente rebemos excelentes projetos de diversos seguimentos da sociedade, mas todos com o objetivo de promover e incentivar por meio da educação fiscal, uma ferramenta de conscientização e sensibilização do real valor do tributo. Valorizar o tributo e os que dele zelam é promover o progresso do Brasil”, disse.

Para o coordenador da Comissão Julgadora do Prêmio e também vice-presidente da Federação, Lirando de Azevedo Jacundá, é muito gratificante participar da escolha dos projetos finalistas desta edição. ”A iniciativa também premia as melhores propostas de racionalização e qualidade dos gastos públicos que são revertidos em mais e melhores conquistas para o cidadão.”

“Para nós da Escola de Administração Fazendária – ESAF a parceria é motivo de orgulho, pois premia projetos que promovem o controle dos gastos e das receitas públicas”, disse Raimunda Almeida, diretora-geral adjunta da ESAF e participante da Comissão Julgadora. A diretora também ressaltou a expressiva participação do Amazonas, que inscreveu 44 projetos e destes, dois finalistas ao prêmio.

O Prêmio Nacional de Educação Fiscal é uma ação da FEBRAFITE, em parceria com a Escola de Administração Fazendária – ESAF, com o Programa Nacional de Educação Fiscal – PNEF e com o patrocínio do Banco de Brasília – BRB e da Petrobras, e apoio do Centro Interamericano de Administração Tributária – CIAT, do Conselho Federal da OAB, do Encontro de Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais – ENCAT, do Ministério Público, das associações filiadas à FEBRAFITE e das Organizações Globo.

Participam da Comissão Julgadora representantes do Ministério da Educação, da Câmara dos Deputados, da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público – CONAMP, da Escola de Administração Tributária – ESAF, do Encontro Nacional de Coordenadores e Administradores Estaduais – ENCAT, da FEBRAFITE e do Conselho Federal da OAB.

Os vencedores serão conhecidos no dia 19 de novembro na solenidade de entrega do Prêmio que ocorrerá no Foyer da Câmara Legislativa do DF e contará com a presença dos representantes dos finalistas, das associações filiadas à FEBRAFITE, autoridades, parceiros e patrocinadores.

Confira os projetos finalistas da edição 2013:

Categoria Escolas

CMEI Professora Adelaide Bessa Wanderley
Projeto: A Importância da Educação Fiscal na Educação Infantil
Manaus/Amazonas

Escola Municipal Thomás Meirelles
Projeto: Acelerando na Conquista da Cidadania
Manaus/Amazonas

Escola Estadual Nasib Cury
Projeto: Impostos na Matemática
Marília/São Paulo

EEB Professor João Widemann
Projeto: Gincana Fiscal João Widemann
Blumenau/Santa Catarina

Colégio Estadual Nestor Victor
Projeto: Disseminadores da Educação Fiscal
Pérola/Paraná

Escola Estadual de Ensino Fundamental Carlos Becker
Projeto: Nota Fiscal do Produtor: quem conhece seu funcionamento, reconhece seu valor
Alpestre/Rio Grande do Sul

Categoria Instituições

Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional
Projeto: Na Real -Quanto Custa o Brasil para Você?
Brasília/Distrito Federal

Prefeitura Municipal de Barroso
Projeto: Impostos, Transparência, Participação Prosperidade
Barroso/Minas Gerais

Associação dos Ruralistas e Pescadores da Vila Castelo
Projeto: Pescador Cidadão
Bragança/Pará

Prefeitura Municipal de Lindolfo Collor
Projeto: Difundindo a Educação Fiscal em Lindolfo Collor
Lindolfo Collor/Rio Grande do Sul