Notícias

Compartilhe:

Município com a maior população e a maior economia de Santa Catarina, Joinville também terá um programa de incentivo aos pequenos negócios com empréstimos a juro zero. A iniciativa é da prefeitura municipal, em parceria com o Banco do Empreendedor, que já está autorizado a iniciar as operações de financiamento. O prefeito Adriano Silva (Novo) deverá fazer o anúncio oficial esta semana, com destaque para investimento inicial de R$ 1 milhão para pagar os juros, o que permitirá emprestar R$ 5 milhões.

O programa é voltado para microempreendedores individuais (MEIs), que poderão tomar emprestado até R$ 5 mil, e para microempresas, que podem contratar até R$ 10 mil, explica o presidente do Banco do Empreendedor, Luiz Carlos Floriani. O pagamento deverá ser realizado em 12 parcelas, sendo que as duas últimas, relativas aos juros, não precisarão ser pagas se a empresa quitou as 10 primeiras.

Apesar de o governo estadual já oferecer o Programa Juro Zero para MEIs, prefeituras que adotaram também programas municipais, incluindo as microempresas, avaliam os resultados como muito positivos para a economia. A pioneira foi a prefeitura de Florianópolis, em 2017. Conforme Floriani, até agora, já emprestou R$ 7,5 milhões e segue com o programa, que também é em parceria como Banco do Empreendedor.

– Temos 20 prefeituras com programas de juro zero implantados e o Banco do Empreendedor é o operador em quase todas. A última que implantou foi a de Caçador e a de São Bento do Sul deverá ter seu programa em breve. Passamos a oferecer crédito a juro zero também fora do Estado. A primeira parceria, já em funcionamento, é com a prefeitura de Porto Alegre – destaca Floriani.

Esse microcrédito é produtivo e orientado, ou seja, só é emprestado para o MEI ou a microempresa fazer investimentos. O contrato pode ser feito presencialmente, no Banco do Empreendedor, ou por meio virtual.

Joinville conta com aproximadamente 52 mil MEIs, conforme os registros da Receita Federal. Quem quiser fazer o empréstimo pessoalmente no município pode procurar a agência do Banco do Empreendedor, que fica na rua Alexandre Döhler, no Centro da cidade.

A maioria dos contratos são feitos por empresas de serviços, que compram equipamentos para escritórios como itens de informática ou móveis. No caso de indústrias, o juro zero financia principalmente a compra de equipamentos.

Via NSCTotal – Coluna Estela Benetti