Notícias

Compartilhe:

Diretores da Kraft Heinz se reuniram recentemente com o secretário da Fazenda de Santa Catarina, Paulo Eli. Um dos pontos da conversa foi a política de incentivos fiscais do Estado à operação da Hemmer, comprada pela multinacional americana em setembro do ano passado. Aos executivos, Eli condicionou a concessão de benefícios – que segundo ele já são dados a alguns produtos – a investimentos em modernização e ampliação da unidade da fabricante de molhos e conservas em Blumenau.

O secretário revelou o episódio durante passagem pela Acib na última segunda-feira (6). Na ocasião, falava a empresários para ilustrar a necessidade de contrapartidas que justificassem a concessão dos incentivos. À coluna, confirmou a conversa e disse que se tratava de um contato inicial com a diretoria da Kraft Heinz.

A multinacional finalizou em abril a aquisição da Hemmer. O valor do negócio não foi divulgado. Os novos donos ainda não oficializaram os planos para a operação em Blumenau, mas no mercado local existe a expectativa de que novos investimentos turbinem o crescimento da centenária marca.

A Hemmer já planejava uma expansão da fábrica antes mesmo de acertar a venda para a Heinz. A empresa havia comprado um terreno de cerca de 50 mil metros quadrados vizinho às atuais instalações, no bairro Badenfurt, como revelou a coluna logo após a negociação vir à tona.

Via NSCTotal – Coluna Pedro Machado