Notícias

Compartilhe:

O IBC (Índice de Atividade Econômica) em Santa Catarina avançou 9,13% de janeiro a junho deste ano na comparação com o primeiro semestre de 2020. No mesmo período, o Brasil teve expansão de 7,01%, conforme o indicador medido
pelo Banco Central, analisado pelo Observatório Fiesc. No dado dessazonalizado de junho, o IBC alcançou a terceira elevação consecutiva no Estado, com expansão de 0,36% na comparação com maio.

Em relação a junho de 2020, Santa Catarina teve uma expansão da atividade econômica de 10,15% – o resultado também ficou acima da média nacional que foi de 9,07%. O desempenho mantém Santa Catarina na terceira posição entre os Estados, atrás do Espírito Santo e do Amazonas.

De acordo com análise realizada pelo Observatório Fiesc, o resultado positivo do setor de serviços em junho, divulgado pelo IBGE, foi o principal catalizador da expansão da economia do Estado no mês. Entre os destaques, estão os serviços prestados às famílias e os serviços de informação e comunicação, ambos com expansão de cerca de 8% em junho na comparação com maio.

Dentre os setores industriais, apesar da leve retração de 0,3% em junho, conforme o Índice de Produção Industrial calculado pelo IBGE, houve destaque para produtos de madeira, veículos automotores e máquinas e equipamentos, que registraram as maiores expansões no período, com parte da demanda oriunda do mercado externo.

Via Coluna Mercado – Jornal Notícias do Dia – edição impressa 24/0821