Notícias

Compartilhe:

A economia de Santa Catarina fechou o mês de maio com crescimento de 0,8% frente ao mês anterior, segundo o Índice de Atividade Econômica (IBCR-SC), calculado pelo Banco Central (BC). Nessa mesma comparação, a média brasileira foi uma retração de -0,1%. No acumulado de 12 meses até maio, a atividade em SC avançou 3,1% enquanto o Brasil cresceu 2,7%.

O IBCR índica a tendência de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). O acompanhamento e registro dos dados do BC é feito pelo Observatório Fiesc, da Federação das Indústrias de Santa Catarina.

Ainda segundo o indicador, de janeiro a maio deste ano o Estado cresceu 1,2%, variação inferior aos 2,1% do país no mesmo período. O IBCR é elaborado principalmente com base nas pesquisas do IBGE sobre os desempenhos mensais do comércio, indústria e serviços.

Pesquisa do Censo 2022 começa segunda-feira com inovações

O IBGE apurou que a produção industrial, em maio, cresceu 1,6% frente ao mês anterior. Na mesma comparação, os serviços tiveram alta de 3,3% e o varejo ampliado, que inclui também materiais de construção e veículos, cresceu 1,3%. O varejo restrito teve alta de 0,3% no mesmo período, ,no Estado.

De acordo com o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, Santa Catarina vem registrando recuperação no ritmo de crescimento, ao apresentar bons indicadores no comércio exterior e mercado de trabalho. Segundo ele, a indústria tem um papel fundamental nesse processo porque estimula também os demais setores econômicos.

Via NSCTotal – Coluna Estela Benetti