Notícias

Compartilhe:

Santa Catarina criou em setembro 15.005 postos de trabalho com carteira assinada, saldo de 123.503 admissões e 108.498 desligamentos. Com isso, o Estado alcançou 118.031 novos empregos no acumulado do ano. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

Mais uma vez, o setor de serviços liderou, com a abertura de 6.740 vagas no mês em SC. Na sequência, veio o comércio com 3.786, seguido pela indústria com 2.805, a construção civil abriu 1.063 e a agropecuária, 611. O Estado ficou em oitavo lugar entre os que mais criaram empregos no mês.

No Brasil, foram abertas em setembro 278.085 novas vagas e, no acumulado do ano são 2.147.600. Os serviços também lideraram no Brasil com 122.562 vagas, seguidos pelo comércio com 57.974 e indústria 56.909.

Os municípios que mais criaram vagas em setembro, no Estado, foram Joinville (1.483), Itajaí (1.404), São José (711), Blumenau (705) e Florianópolis (607) e Balneário Camboriú (515). Cidades que são polos estaduais também tiveram saldos positivos como Chapecó (412), Criciúma (255) e Lages (174).

De acordo com o Caged, Santa Catarina registra saldo positivo anual de empregos desde 2017. Naquele ano criou 29.441 vagas; em 2018 abriu 41.718; em 2019 foram mais 71.406; em 2020, ano da pandemia, foram criados 36.592 novos empregos; e em 2021, o saldo positivo ficou em 167.545. Desde 2003, SC só teve saldos negativos na recessão de 2015 (-58.759) e 2016 (-32.260).