Notícias

Compartilhe:

O governo federal anunciou ontem mais uma redução de 10% nas alíquotas do imposto de importação sobre grande parte dos produtos comprados no exterior.

A medida abrange bens como feijão, carne, massas, biscoitos, arroz, materiais de construção, entre outros, produtos comercializados pelo Mercosul.

Segundo o Ministério da Economia, é uma tentativa para reduzir impactos decorrentes da pandemia e do conflito na Ucrânia sobre o custo de vida da população e preços de insumos do setor produtivo. Estimativa do governo é de um impacto na inflação oficial de 0,5% a 1% de redução. O corte de tarifa foi definido em reunião extraordinária da Camex (Câmara de Comércio Exterior), em caráter temporário, com prazo de vigência até 31 de dezembro de 2023.

Via NDmais – Coluna Mercado – Edição impressa 24/05/22