Notícias

Compartilhe:

O prazo para aderir ao Relp, Programa de Reescalonamento do Pagamento de Débitos no Âmbito do Simples Nacional, também conhecido como Refis do Simples, foi prorrogado para o dia 3 de junho, a próxima sexta-feira. A decisão foi tomada em função da instabilidade do sistema da Receita Federal, que nesta terça-feira também está recebendo milhares de declarações do Imposto de Renda por ser o último dia.

Autor do projeto do Relp, o senador Jorginho Mello (PL-SC) foi informado hoje pela Receita Federal sobre essa decisão da prorrogação. O segmento de empresas do Simples terá mais três dias para parcelar dívidas tributárias. Por essa lei, micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais poderão parcelar dívidas tributárias por até 180 meses. 

Até a semana passada, mais de 100 mil empresas do país tinham feito a adesão a esse programa. Pela complexidade, é importante que as empresas contem com o auxílio dos seus respectivos contadores para fazer o cadastro e solicitiar o parcelamento.

via NSCTotal – Coluna Estela Benetti