Notícias

Compartilhe:

Pelo segundo mês consecutivo, a produção industrial de Santa Catarina fechou com resultado positivo em fevereiro, com alta de 1,1% frente ao mês anterior, na série com ajuste sazonal. Em janeiro deste ano, nessa mesma base, cresceu 1,7%, apurou o IBGE. Mas nas demais comparações o resultado foi negativo: frente a fevereiro de 2021, o setor teve queda de -6,6% e no acumulado do ano em relação ao mesmo período de 2021, teve queda de -8,0%.

No Brasil, a produção industrial teve alta de 0,7% em fevereiro frente ao mês anterior, no acumulado de 12 meses cresceu 2,8%, em relação a fevereiro de 2021 caiu -4,3% e no acumulado deste ano, retrocedeu -5,8%.

Como na geração de valor a série mais longa dá resultados mais estáveis, a indústria de SC foi bem nos últimos 12 meses frente a período anterior semelhante. As maiores altas ocorreram nos setores de veículos e reboques (36,6%), metalurgia (36,4%), máquinas e equipamentos (14,3%) e confecções e vestuário (13,6%).

Também tiveram crescimento os setores de papel e celulose (8,6%), minerais não-metálicos, que inclui revestimentos cerâmicos (7,6%), produtos de madeira (7,2%), têxteis (6,2) e máquinas e equipamentos elétricos (0,1%). O único setor com retração de produção nos últimos 12 meses é o de alimentos (-8,4%).

Via NSCTotal – Coluna Estela Benetti