Notícias

Compartilhe:

O resultado, que indica um leve crescimento mensal, é resultado do aumento expressivo na produção de petróleo, biocombustíveis, entre outros

A produção industrial teve um leve aumento de 0,1% em abril, em comparação com o mês anterior. Em relação a abril do ano passado, no entanto, houve queda de 0,5%, informa o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (3/6).

A terceira alta mensal seguida e crescimento de 1,4% no período, contudo, são insuficientes para recuperar a perda de 2,4% registrada em janeiro, abaixo do patamar pré-pandemia. No ano, o setor acumula queda de 3,4%. Já na comparação com maio de 2021, a indústria obteve o primeiro resultado negativo no indicador que aponta a variação anual desde março do ano passado. Em 12 meses, a produção recuou 0,3%.

Destaques positivos e negativos

Os destaques positivos apontados pelo IBGE são o aumento expressivo na produção de derivados do petróleo e biocombustíveis, que tiveram um aumento de 4,6% no mês, além de bebidas (5,2%) e outros produtos químicos (2,8%), que também obtiveram bons resultados.

No entanto, outros setores importantes contribuíram para que o aumento na produção industrial, de forma geral, não fosse maior. Produtos alimentícios (-4,1%) e veículos automotores, reboques e carrocerias (-4,2%) apresentaram quedas em abril e impactaram negativamente no resultado geral.

Via Correio Braziliense