Notícias

Compartilhe:

Com uma previsão de R$ 31.224.396 milhões em investimentos privados no estado e mais de 105 empregos diretos, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) aprovou, por meio do Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec), a expansão e modernização de duas empresas em Santa Catarina. Os projetos foram autorizados durante reunião realizada na quarta-feira, 14, pelos representantes do Comitê Técnico do Prodec que é coordenado pela Diretoria de Empreendedorismo e Competitividade (Diec) da Secretaria.

“O Prodec é um programa fundamental para o desenvolvimento econômico de Santa Catarina. É um incentivo à ampliação e expansão de indústrias por meio da postergação de impostos para que o empreendedor possa investir e trazer para o Estado mais empregos. A prerrogativa são para projetos inovadores e sustentáveis promovendo o desenvolvimento sustentável a Santa Catarina. É uma parceria de incentivo onde todos ganham e traz mais oportunidades para Santa Catarina””, enfatiza o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Jairo Luiz Sartoretto.

O gerente de novos negócios da Diretoria de Empreendedorismo e Competitividade (DIEC) da SDE, Antonio Ricardo Machado Slosaski explica que para ser habilitado, ou seja, enquadrado no programa, a indústria precisa apresentar documentos ao Comitê Técnico, além de cumprir requisitos. Após análise, o incentivo é aprovado pelo Conselho Deliberativo.

“Ao invés de emprestar dinheiro, o estado permite que a indústria postergue parte do ICMS, valor que será devolvido aos cofres públicos com juros entre 0 a 4% ao ano, sendo benéfico para os empreendimentos”, comenta Slosaski.

Via Governo do Estado de SC