Notícias

Compartilhe:

Começou ontem em 15 cidades de Santa Catarina, incluindo Florianópolis, a Operação Petróleo Real, que vai fiscalizar 60 postos de combustíveis. A ação conta com a participação de órgãos de fiscalização federais e estaduais e se estende até amanhã. A coordenação é do Ministério da Justiça e Segurança Pública e visa coibir práticas ilícitas na comercialização de combustíveis pelos distribuidores e revendedores varejistas.

As equipes vão observar, principalmente, a qualidade dos combustíveis, a validade dos produtos, a aferição das bombas de abastecimento, além de possível formação de cartéis. De acordo com o vice-presidente do Sindicato de Comércio Varejista de Combustíveis Minerais de Florianópolis, Joel Fernandes, a operação começou com a Receita Federal averiguando postos que possivelmente fazem sonegação fiscal. Aproveitando essa fiscalização, o Ministério da Justiça decidiu fazer as demais investigações nos locais. “Saliento que apoiamos esse tipo de fiscalização, principalmente porque isso evidencia os mal operadores, que não
representam nem 10% da classe”, afirma.

A operação foi realizada no Distrito Federal, no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Norte.

 

Via NDmais – Edição impressa 30/11/2022