Notícias

Compartilhe:

Em outubro, a arrecadação de ICMS em Santa Catarina foi de R$ 2,64 bilhões, queda de 0,3% em comparação com mês anterior. “Os estudos efetuados para a redução de alíquota de 25% para 17% na gasolina, etanol, comunicação e energia, apontavam que teríamos esse equilíbrio, com perda mensal de R$ 300 milhões, aproximadamente”, disse o secretário de Estado da Fazenda (SEF/SC), Paulo Eli.

Ainda assim, a economia catarinense segue com resultados positivos no acumulado de 2022. De janeiro a outubro deste ano, a arrecadação bruta e Santa Catarina somou R$ 29,13 bilhões, alta de 11,2% em comparação ao ano passado, considerando a inflação de 7,17% para o período.

O setor que registrou maior queda em outubro foi o da energia elétrica, com perda de 46,1% na arrecadação estadual em relação a outubro de 2021. No caso dos combustíveis, a queda foi de 26,6%; já no setor de telecomunicações, o impacto negativo foi de 21,9%.

Contudo, muitos setores apresentaram crescimento no último mês. O maior foi o metalmecânico, cuja arrecadação foi 47,1% superior a outubro do ano passado. Outros setores que incrementaram a arrecadação foram o de transportes, com alta de 28,5%; e de medicamentos, que subiu 27,3%.

Via SEF/SC