Notícias

Compartilhe:

Desde meados de 2020, quando as pessoas resolveram reformar suas casas na pandemia, os custos da construção civil aceleraram no Brasil. No acumulado de 12 meses até agosto, o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), apurado pelo IBGE e que indica a inflação do setor, teve alta de 13,61% no país. Santa Catarina registrou a menor variação do Brasil nesse indicador, 9,75% no período.

No mês de agosto, os custos do setor em SC cresceram 1,69%, o que indica uma aceleração frente a meses anteriores. No acumulado deste ano, a variação em SC ficou em 6,87% em SC e 9,74% no Brasil. Apesar disso, o Estado teve um dos custos médios por metro quadrado mais altos do Brasil, de R$ 1.829,62.

A queda os preços em Santa Catarina ocorreram, principalmente, no primeiro semestre deste ano. Prova disso é que a inflação do setor, em setembro do ano passado, acumulava alta de 12 meses de 23, 69% enquanto este ano os reajustes acumulados chegaram a 6,875 até o mês passado.

No Brasil, Sinapi teve alta de 0,58% em agosto, o que significa 0,90 ponto percentual a menos do que no mês anterior, quando subiu 1,48%. No ano, a alta acumulada chegou a 9,74% e o custo médio por metro quadrado alcançou R$ 1.661,85.

Fonte: NscTotal-Coluna Estela Benetti