Notícias

Compartilhe:

Capital catarinense já havia fechado o ano de 2021 também com a segunda cesta básica mais cara

Florianópolis fechou o ano de 2022 com a cesta básica a um custo médio de R$ 769,19. Trata-se do segundo valor mais alto entre as capitais brasileiras, atrás apenas de São Paulo, a R$ 791,29. Os dados são do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), que divulgou a Pesquisa Nacional da Cesta Básica referente ao último mês de dezembro nesta segunda-feira (9).

De novembro ao mês passado, a cesta básica na capital Catarinense chegou a cair -0,90%. No entanto, no acumulado de todo o ano de 2022, houve um aumento de 11,55%, acompanhando tendência de alta repetida por outras 16 capitais. A cesta básica em Florianópolis já havia fechado o ano de 2021 como a segunda mais cara do país, também atrás apenas de São Paulo naquela ocasião.

O Dieese entende que o custo da cesta básica em Florianópolis ao final de 2022 comprometia 68,61% de um salário mínimo, hoje em R$ 1.212,00 e muito aquém do necessário, segundo o departamento. O valor estimado para manter uma família de quatro pessoas, o que inclui também moradia, saúde, educação e lazer, entre outras demandas, é de R$ 6.647,63, com base nos gastos de quem vive em São Paulo.

Via NSCTotal