Notícias

Compartilhe:

Santa Catarina arrecadou R$ 4,03 bilhões entre 1º e 28 de fevereiro, repetindo praticamente o mesmo desempenho registrado em janeiro. Descontada a inflação de 10% (IPCA) e cerca de R$ 700 milhões de ICMS, postergados no ano passado que entraram no caixa estadual em fevereiro passado, houve crescimento real de 6,7% na comparação com fevereiro de 2021. Analisando somente os números do ICMS, o Estado arrecadou R$ 3,28 bilhões, superando a inflação em 10%. “A economia de Santa Catarina é hoje uma das mais saudáveis do País, o que é resultado da aplicação de políticas tributárias coerentes num processo conduzido pelo Fisco há duas décadas”, analisa o auditor fiscal José Antônio Farenzena, presidente do Sindicato dos Fiscais da Fazenda do Estado de Santa Catarina (Sindifisco/SC).

Efeitos da guerra

A análise do Sindifisco/SC mostra que a tendência é de que a arrecadação média do ICMS se mantenha em R$ 2,6 bilhões mensais ao longo do ano, com tendência positiva. Já a arrecadação total, que considera os repasses da União e impostos como o IPVA e o ITCMD, deve se manter na casa dos R$ 3,6 bilhões mensais. “Este cenário pode mudar com a guerra da Rússia com a Ucrânia, o que é motivo de preocupação para o mundo inteiro”, alerta o diretor de Políticas e Ações Sindicais do Sindifisco/SC, auditor fiscal Sérgio Pinetti.

Via SC em Pauta – Coluna Marcelo Lula