Notícias

Compartilhe:

A Controladoria-Geral do Estado (CGE) assinou um acordo de cooperação técnica com o Consórcio Intermunicipal dos Municípios da Foz do Itajaí-Açu para fortalecer as áreas de controle interno das 11 prefeituras da região. O convite partiu do Banco Mundial e faz parte de um projeto de melhoria da mobilidade na região que terá financiamento de 96 milhões de dólares do banco.

Entre as melhorias previstas, destacam-se a construção de um túnel imerso entre Itajaí e Navegantes e a implantação de um sistema de transporte coletivo com ônibus elétricos. Os 11 municípios são Balneário Camboriú, Camboriú, Itapema, Penha, Balneário Piçarras, Ilhota, Luiz Alves, Porto Belo, Bombinhas, Itajaí e Navegantes

Dois auditores da CGE foram destacados para o trabalho: Marisa Zikan da Silva e Frederico da Luz. Na última semana, eles visitaram os municípios com o objetivo de levantar informações em conjunto com o consultor contratado pelo Banco Mundial, Wesley Matheus. Na sequência, será elaborado um plano de ação para promover o fortalecimento das centrais de controle interno.

“O controle interno é fundamental para aperfeiçoar a gestão pública. As atividades desempenhadas pela área reduzem os riscos de inconsistências e irregularidades, aperfeiçoando a gestão dos processos e qualificando os gastos públicos”, explica o controlador-geral do Estado, Cícero Barbosa.

A auditora Marisa Zikan observa que o valor significativo do projeto do consórcio com o Banco Mundial torna o controle interno ainda mais relevante. “As unidades centrais estruturadas são estratégicas para um melhor desempenho na execução de políticas públicas necessárias para a melhoria da qualidade de vida da população. Essa aproximação com os Municípios torna possível o compartilhamento de boas práticas e a busca por soluções que sejam comuns aos órgãos de controle, adaptáveis a cada realidade”.

Via Governo do Estado de SC