• De:


Ordernar por: Relevância Nome A-Z Nome Z-A

industria_20220113_1203296313

14/01/2022 - Locais

Prazo para empresas regularizarem inconsistências de 2020 e...

O prazo para a regularização das inconsistências apresentadas nas Malhas Fiscais de 2020, da Secretaria de Estado da Fazenda…

Leia mais »

servicos_0

14/01/2022 - Locais

Setor de serviços se recupera e cresce 15% acima do cenári...

Em novembro de 2021, SC teve o segundo maior crescimento do país O setor de serviços em Santa Catarina cresceu…

Leia mais »

13/01/2022 - Locais

Jornalista Renato Igor fala sobre alta na arrecadação de S...

Arrecadação em Santa Catarina subiu 22% em 2021. Confira o comentário do Jornalista Renato Igor na edição do jornal Bom dia Santa Catarina desta quinta-feira, 13/01. Clique aqui.          

Leia mais »

13/01/2022 - Locais

Arrecadação

Santa Catarina encerrou 2021 com a arrecadação total de R$ 36,2 bilhões, um crescimento de 22,3% em relação a 2020. O resultado foi expressivo mesmo com a retração observada nos meses de novembro e dezembro, por conta do impacto do Decreto Nº 1528/2021, que postergou para 10 de janeiro e 10 de fevereiro de 2022 o pagamento do ICMS relativo a combustíveis, energia elétrica, telecomunicações e serviços de transporte terrestre de passageiros declarados nos…

Leia mais »

13/01/2022 - Locais

BRDE contrata R$ 400 milhões para micro e pequenos negócio...

Considerando o cenário de enfrentamento da pandemia, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), tradicionalmente focado em operações de longo prazo em diversos setores, vem nos últimos dois anos inovando. A renovação visa atender à necessidade urgente de capital de giro e recursos para investimentos, assegurando a manutenção de milhares de negócios e empregos. Só em 2021, o BRDE concedeu recursos na ordem de R$ 400,5 milhões – deste montante, são R$…

Leia mais »

Site___Sigef

13/01/2022 - Locais

Em tempo recorde, SEF libera dotação orçamentária e exec...

O trabalho das diretorias de Contabilidade e de Informações Fiscais (DCIF), de Planejamento Orçamentário (DIOR) e do Tesouro Estadual…

Leia mais »

51815781935_7ea903a0e0_b

13/01/2022 - Locais

Plano 1000: Mais de R$ 1 bilhão será destinado a 10 munic...

Mais de R$ 1 bilhão em recursos. Este é o montante que será distribuído entre 10 municípios catarinenses que…

Leia mais »

12/01/2022 - Locais

ARRECADAÇÃO

Do primeiro dia do ano até ontem Florianópolis arrecadou mais de R$ 37 milhões, Santa Catarina R$ 4,1 bilhões e o Brasil mais de R$ 100 bilhões em impostos. Os dados estão disponíveis no Impostômetro da Ampe Metropolitana (Associação Metropolitana de Micro e Pequenas Empresas). No site (ampemetropolitana.com.br/impostometro-da -grande-florianopolis) é possível acompanhar a arrecadação com impostos de todas as cidades da Grande Florianópolis. Via ND+ – edição impressa 12/01/2022  

Leia mais »

porto_de_sao_francisco__20220111_1185241858

12/01/2022 - Locais

Porto de São Francisco tem aumento de 12% no número de nav...

A eficiência do complexo portuário e o dinamismo da economia catarinense possibilitaram que 460 navios atracassem no Porto de…

Leia mais »

12/01/2022 - Locais

Coluna Fisco e Cidadania

Do esperneio à nota de esclarecimento O descontentamento de empresários do ramo de eventos, bares, restaurantes e similares diante da insensibilidade de governantes para o enfrentamento da crise ocasionada pelo fraco consumo devido à pandemia não surtiu os efeitos desejados. Contrapondo, o governo estadual emitiu nota de esclarecimento, conforme consta em alguns dos pontos a seguir. Por recomendações da Fazenda estadual, o veto foi respaldado pela ilegalidade sob todos os aspectos: ser contrário ao interesse público,…

Leia mais »

Venda veiculos novos SC

11/01/2022 - Locais

SC tem queda de 8% na venda de carros novos e projeta recupe...

Fatores como falta de peças e eleições podem interferir no desempenho do setor do próximo ano, que tem previsão…

Leia mais »

10/01/2022 - Locais

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O governo do Estado vetou trecho de projeto de lei que alteraria a tributação do setor de bares e restaurantes, conforme recomendação da Secretaria Estadual da Fazenda, pela ilegalidade, sob todos os aspectos, e por contrariar o interesse público. A proposta fere a Lei de Responsabilidade Fiscal por não estar acompanhada de medidas de compensação e não possuir autorização prévia em convênio celebrado no Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), entre outras inconsistências legais. Outro…

Leia mais »